Religião Verdadeira é um Modo de Vida. Jesus declarou: "Deus é Espírito, e os que o adoram têm de adorá-lo com espírito e verdade."A adoração pura é espiritual, baseada na fé."

.

.

sábado, 24 de abril de 2010

Nosso paraiso perdido.


                                           http://farm1.static.flickr.com/49/121207924_d4cc177c8f.jpg

"Afinal que Paraíso é este ? Provavelmente encontra-se na psicanálise um dos importantes recursos para responder a esta questão.


http://snake-necromancer.zip.net/images/ritual20no20cemiterio.jpg Afinal as prisões e o sofrimento psíquico, a dor da alma dividida, nossos porões interiores, morada de todos os monstros que nos assombram, sem mesmo conhecê-los: este é o inferno, de que falava Sartre e, cujo o objetivo dos seres humanos é dele se emancipar. O arquétipo de um Paraíso Perdido está presente em todos nós. "


O despertar da consciência é algo realmente mágico e instigante! Aquele que ainda não despertou pode achar completamente sem coerência o sentimento de espiritualidade, mas basta romper um “pequeno lacre” dentro de seu eu e tudo se transforma, como um passe de mágica.[1] (grifo nosso)



http://www.nefp.unb.br/images/cons1.jpg

                                          


Gestações Conscienciais
Fernanda Leite Bião
Quem sou? É a frequente pergunta que fazemos a nós mesmos ou que nos fazem, ainda que no silêncio dos olhares reflexivos, espíritos, encarnados ou desencarnados, que acompanham a nossa caminhada.
A resposta pode ter vários sentidos. O que sou pode ser confundido com o que faço, que, por sua vez, pode refletir os papéis sociais desempenhados no cotidiano e no contexto vivencial. Entretanto, somos convidados a refletir o que somos sem a roupagem atribuída por títulos e rótulos, a encobrir as possibilidades de descoberta do nosso potencial divino, cujo florescimento depende do interesse e da força de vontade de nos movimentarmos.
Somos seres misteriosos. Em nós paira sempre um movimento desconhecido. A energia pulsante, sutil e leve, gerada em nosso íntimo diante das vivências ganha proporções grandiosas ou não, a depender da disposição e da abertura à compreensão de tal fenômeno interior.
Gerar tamanha energia não é uma tarefa fácil. Os sintomas (angústia, medo, insegurança) caminham junto com uma vontade enorme de entender os acontecimentos.
Conhecer tais mecanismos presentes no fenômeno da reciclagem íntima é uma das tarefas necessárias para se conhecer a matéria que compõe a organização psíquica e os comportamentos que utilizamos em nosso cotidiano – análise a partir da qual podemos colher, em partes, como peças de um quebra-cabeça, as respostas para o questionamento sobre quem somos.
A cada passo evolutivo alcançado, um sentimento de libertação acresce à nossa caminhada. Mais fortalecidos, contemplamos a matéria-prima em nós (nossa essência divina) se desenvolver.
As experiências, somadas à vontade de aprender e de se melhorar, possibilitam a percepção das primeiras manifestações e respostas à nossa tarefa de gestação consciencial, ao mudarmos a maneira não apenas como lidamos com nossos mistérios d’alma, mas também como enxergamos o universo íntimo dos demais, nossos irmãos e irmãs de jornada evolutiva. É o eterno trabalho do despertamento a que alude Joanna de Ângelis:
Despertar significa identificar novos recursos ao alcance, descobrir valores expressivos que estão desperdiçados, propor significados novos para a vida e antes não percebidos. O despertamento retira o véu da ilusão e a faculta a percepção da realidade não fugidia, aquela que precede a forma e permanece depois da sua disjunção. Estar desperto é encontrar-se partícipe da vida, tudo realizando com integral lucidez.[2] (grifo nosso)
Em termos práticos, a observação de si mesmo e dos demais, das nossas escolhas cotidianas e da percepção dos nossos pensamentos, sentimentos e emoções oferece contribuição significativa para compreendermos a realidade íntima e exterior (conscientização) e semearmos novos olhares sobre as paisagens do mundo que reside em nós e nos circunda (despertamento).
Apesar da correria da vida humana, aprendamos, pois, a reservar um tempo para a análise do nosso dia. Comecemos observando as nossas respostas às demandas dos que nos acompanham (amigos, familiares, companheiros de ideal, colegas de trabalho), os comportamentos diante dos desafios (problemas e dores do caminho) e a temperatura das energias (grau de amor, raiva, mágoa, alegria) sinalizadores de nosso estado de espírito.
Em nós existe sempre um aparelhinho (coração) que apresenta, de forma autêntica, o quanto estamos sintonizados com o Criador, as leis que regem o universo e o nosso projeto reencarnatório.
Toda tarefa exige de nós um mínimo de esforço e coragem. Conhecer o que somos é a necessária aquisição para a nossa evolução.
Mãos à obra!


Fonte: http://luzdointerior.wordpress.com/

8 comentários:

  1. Amiga. O despertar da consciência é primordial para o nosso autodesenvolvimento, evolução espiritual e moral e para darmos mais um passo em direção ao nosso Pai. Bela reflexão. Estou passando aqui para regar nossa amizade e desejar-lhe um excelente final de semana. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Precisamos cuidar muito desta questão. O despertar da consciência, de quem somos e de nosso papel na vida.

    Excelente post. Boa semana

    ResponderExcluir
  3. Querida Rê!

    Adoro este teu cantinho!

    Abraços

    Lia

    Blog Reticências...

    ResponderExcluir
  4. Muito bom!!É preciso realmente se questionar quanto ao valor da vida...pra que estamos aqui e diante desta proposta ir em busca de nos autoaperfeiçoarmos.
    Td de bom pra ti!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Hoje à partir das 18 hrs, meu blog está concorrendo mais uma votação da Copa Blog, conto com seu voto amiga.Essa votação termina dia 05/05 e, depois aguardar a semi- final.

    Meu blog é:

    http://anamgs.blogspot.com

    O site para a votação é esse aqui:

    http://dado.pag.zip.net/

    Caso não consiga acessar por aqui, o link está no final do post atual meu.

    Desde já fico-lhe grata.

    Uma semana de muita luz.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. Rejane, você não é blogueira, você é a blogueira. (sorrio). Possui 9 blogs e ainda lê um monte mesmo sem comentar. Se isso não for ser blogueiro... Obrigado por seu delicioso comentário e espero ter o prazer de me corresponder com você tantas outras vezes. Tenha um ótimo final de semana.

    Jefhcardoso

    ResponderExcluir
  7. Adorei seu cantinho ZEN!
    Grata pela sua visita!

    =)
    bj

    ResponderExcluir
  8. Oi Rejane.

    Por esta e outras postagens maravilhosas, te considero uma "mulher fabulosa"

    Passa lá no blog q tem um mimo especial p/ ti:
    http://despertandonaluz.blogspot.com/2010/05/selo-fabuloso.html

    Beijos de luz!

    Tereza

    ResponderExcluir







Aqui não faço apologia a nenhuma religião.Toda religião que fala de amor é caminho para Deus .
Deus está em cada um de nós.DEUS é AMOR !
Rejane

Textos no arquivo.